Reunião com “grupo de trabalho” (devem estar tendo bastante trabalho para ver como nos ferrar mais…

Hoje foi fooooooda!!!!!!!
A arrogância de uma e a cara de deboche de outro!!!
Representantes da educação?? ONDE?? Eu não vi…
Chamaram apenas alguns membros das escolas (os que ganham gratificações e os que tem a promessa de ganhar) e acharam que não haveria protesto! Que essas míseras gratificações compram todos! Acharam que sem professores ninguém rejeitaria as propostas… Rejeitaram sim, rejeitamos sim! Mas de que adianta? O poder é dado a eles que dizem que estão no limite das finanças. (Papinho…).
Que vergonha eu tenho desse tipo de gente que diz representar a educação e a trata como lixo. Que diz nos representar e nos trata como lixo.
Que vergonha de olhar essas caras de deboche de certos “representantes”…
Aceitam sugestões e estão abertos para o diálogo uma pinoia, só balela!!! O que mostraram hoje é lógico que não será revisto, provavelmente já está na mesa do governador, assinado e esperando para ser publicado. É apenas mais um engodo.
Nossa tabela de plano de cargos e salários foi conquistada democrática e demoradamente e simplesmente acabaram com ela. A greve aconteceu pelo descumprimento de uma Lei Federal que o governo insiste em não cumprir na íntegra. E mais, a tabela salarial só poderia ser modificada até dezembro de 2008 e isso também foi ignorado.
Eu me senti um lixo, ser tratada como uma classe que não precisa de mestrado e doutorado!
Só faltou jogar a casca de banana na nossa cabeça para simbolizar a mudança da nomenclatura de PROFESSOR para LIXO!!!
E VIVA A DITADURA!!!!!!

E tem mais me sinto logo é lixo orgânico que só serve para juntar com bosta e fazer adubo, nem reciclável ou reutilizável eu me sinto…

37 comentários em “Reunião com “grupo de trabalho” (devem estar tendo bastante trabalho para ver como nos ferrar mais…

  1. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>>>>>CADE A VERBA DO FUNDEB???……………………………………………………………….. 2011/11/11
    …………………… Aula para o Gonvernador! imperdível

    ………………………essa aula poderia ser aplicada ao nosso “chefe maior”…

    AULA DE MATEMÁTICA
    Hoje vou brincar de professor de matemática.
    Vou passar alguns problemas para vocês resolverem.

    Problema nº1
    Um professor trabalha 5 horas diárias, 5 salas com 40 alunos cada.
    Quantos alunos ele atenderá por dia?
    Resposta: 200 alunos dia.
    Se considerarmos 22 dias úteis. Quantos alunos ele atenderá por Mês?
    Resposta: 4.400 alunos por mês.
    Consideremos que nenhum aluno faltou (hahaha) e, que em cada um deles,
    resolveram pagar ao professor com o dinheiro da pipoca do lanche: 0,80 centavos, diárias.
    Quanto é a fatura do professor por dia?
    R: 160,00 reais diários
    Se considerarmos 22 dias úteis. Quanto é faturamento mensal do mesmo professor?
    R: Final do mês ele terá a faturado R$ 3.520,00.

    Problema nº2
    O piso salarial é 1.187 reais, para o professor atender 4.400 alunos mensais.
    Quanto o professor fatura por cada atendimento?
    Resposta: aproximadamente 0,27 mensais
    (vixe, valemos menos que o pacote de pipoca)… continuando os exercícios…

    Problema nº3
    Um professor de padrão de vida simples,solteiro e numa cidade do interior,
    em atividade, tem as seguintes despesas mensais fixas e variáveis:
    Sindicato: R$12,00reais
    Aluguel: R$350,00reais ( pra não viver confortável)
    Agua/energia elétrica: R$100,00 reais (usando o mínimo)
    Acesso à internet: R$60,00 reais
    Telefone: R$30,00 reais (com restrições de ligações)
    Instituto de previdência: R$150,00 reais
    Cesta básica: R$500,00 reais
    Transporte: sem dinheiro
    Roupas: promocionais
    Quanto um professor gasta em um mês?
    Total das despesas: R$1202,00
    Qual o saldo mensal de um professor?
    Saldo mensal: R$1187,00 – 1202= -15 reais, passando necessidades

    Agora eu te pergunto:
    – Que dinheiro o professor terá para seu fim de semana?
    – Quanto o professor poderá gastar com estudos, livros, revistas, etc.
    – Quanto vale o trabalho de um professor??
    – Isso é bom para o aluno???
    – Isso é bom para a educação pública do Brasil??

    Agora olhem a pérola que o Sr. Governador do Ceará disse:

    ” Quem quiser dar aula faça isso por gosto, e não pelo salário.
    Se quiser ganhar melhor, peça demissão e vá para o ensino privado ”

    Cid Gomes – Governador(_) do Ceará

    SE VOCÊ ACHA QUE NOSSO GOVERNADOR DEVE ABRIR MÃO DE SEU SALÁRIO E GOVERNAR POR AMOR, PASSE PARA A FRENTE!.

    CAMPANHA

    “Cid, doe seu SALÁRIO e governe por AMOR !”…

    Vamos espalhar isso aos 4 ventos e aumentar a campanha:

    DEPUTADOS FEDERAIS E ESTADUAIS, MINISTROS, DOEM SEUS SALÁRIOS E TRABALHEM POR AMOR!…
    ……………………………………………………………>>>>>>>…………………….
    A Assembléia Legislativa/Santa catarina
    possui 28 deputados que votaram
    contra a educação.
    Não esqueça: Não vote neles
    nas próximas eleições!!!
    …”MMPC”…MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRÚPTA”!!!

  2. ..AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>>>>>CADÊ A VERBA DO FUNDEB??? #
    …………..leda diz: 11 de novembro de 2011

    …Por que Colombo e seus vassalos da Educação não usam sua esperteza para o \”bem\” da Educação? Só serve para ferrar professores e formar analfabetos funcionais em escolas públicas depredadas? Agora, acho que eles estão sendo bem coerentes num ponto: para este nível de educação, realmente, não se faz necessário professores com mestrado ou doutorado. Nem precisa ser formado. O meu mestrado, obtido com louvor, na Ufsc, ficará engavetado aguardando administradores menos boçais.
    Mas, por que se preocupar ou investir na qualidade da Escola Pública, se todos estes “ratos” colocam seus filhos nas “melhores???” escolas particulares? Salários para bancarem as mensalidades eles tem. O FUNDEB desviado banca.
    …”MMPC”>>>MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRÚPTA”!!!

  3. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>>>>>CADÊ A VERBA DO FUNDEB???#

    …”esta vaia vai continuar durante os 4 anos…ou até fazer justiça aos professores(as).”
    #
    …………..QUEM VAI QUERER FAZER MESTRADO??? diz: 11 de novembro de 2011

    Será que os ESTUDANTES Catarinenses não merecem Professores(as) com Mestrado e Doutorado. O que há de errado em querer se capacitar, aprender mais para ensinar melhor, viver melhor, com dignidade??? este (DES)governo é uma piada, de muito mal gosto. O (DES)governador tem ensino médio, antigo segundo grau… isso não explica tanta incompetência. Quem vai querer fazer Mestrado, se o (DES)governo não incentiva, nem valoriza os Professores, a Educação está fadada ao fracasso…
    …”AAA CORDA” POPULAÇÃO CATARINENSE, “A CORJA” ENTROU EM “COMA”!!!>>>>>>>”MMPC”>>>MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRÚPTA”!!!

  4. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???
    …………..”Mel” Fernandes diz: 13 de novembro de 2011

    Boa tarde, MESTRE MÔA!!!
    Sou Professora e concordo com a indignação dos AAAssistentes de Educação, a Educação nunca será prioridade de nenhum governo, porque governar povo sem “instrução” fica muito mais fácil. Nós Professores estamos aguardando as promessas assumidas pelo Sr.DESgovernador para janeiro, por papos de corredores dão-nos conta de que aumento só em maio/2012…espero que o mesmo não nos coloque a prova de dignidade novamente…o próximo ano letivo pode não começar, durante a nossa greve, só falavam em “acordão”, o mesmo saiu e não vimos nada se modificar. É muito triste vermos sonhos/realizações pessoais e profissionais serem tão desprezados por pessoas que não entendem de Educação onde prevalece o seguinte ditado: \”manda quem tem o poder e obedece quem detém o conhecimento, quer dizer, manda quem pode e obedece quem precisa…\” O DESgovernador que se esperte com os Professores…já demos demostração da nossa união e podemos reverter toda essa situação, se quisermos.
    Obrigado pelo espaço e peço-lhe que continues nos apoiando nesta árdua caminhada.
    Abraços
    …”MMPC”>>>MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE CONTRA A CORJA “CORRÚPTA”!!!

  5. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???#

    gereds???????????????????????????????????????????????????????????O QUE É ISSO?…QUAL SUA FUNÇÃO?…OBJETIVOS?…QUEM MANDA???QUEM É PAU MANDADO???……..ONDE ESTÁ O TCE e o MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL e o “TCU”???????………”.S.O.S.” CADÊ A POLÍCIA FEDERAL!!!
    #
    MARAvilha diz: 13de novembro de 2011

    Caros colegas profissionais da Educação,
    O DESgoverno de SC não quer só prejudicar vocês (AE), mas na verdade quer finalizar de destruir por completo a Educação pública e de qualidade em SC.
    Falo isso, pois ao ver o Sr Dechamps(derrotado da FURB) e a Sra Elizete Melo(mãe do secretário de planejamento), apresentando um plano de carreira elaborado somente pelo governo, sem a participação da equipe do “Sinte” designada pós -greve, ficou claro que o DESgoverno quer acabar de vez com a Educação.
    Um plano inaceitável! Ridículo!
    Simplesmente porque nossos governantes pensam que os educadores não precisam ter formação de qualidade, não precisam ter especialização, mestrado e doutorado.
    Temos sim, que lembrar a estas pessoas que elaboraram este plano vergonhoso, que estamos em estado de greve, e sabemos muito bem que são os inimigos da Educação.
    Se estes foram vaiados na reunião ou o governador na abertura dos jogos abertos, motivos tem de sobra para que alunos, pais e educadores o façam.
    Pelo que lembro, quem construiria um plano de carreira mais justo e que realmente valorizasse todos os Profissionais da Educação do Estado seria o grupo formado pós- “Greve Histórica”. Por que isso não aconteceu? Cadê o deputado Juarez que tanto falou na nova valorização do Magistério, ele participou da elaboração deste também? Por que o governo apareceu com este plano de repente?
    Educadores, a luta continua e não aceitaremos este plano que somente desvaloriza a classe!
    Abraços…
    “MMPC” NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRÚPTA”!!!

  6. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???#
    …….AAAnder diz: 13 de novembro de 2011

    Caro MÔA e Leitores…
    As vaias incomodaram a \”trippa\” aliança… Tá na hora de desmascarar o lobo em pele de ovelha… ele já mostrou que é altamente autoritário… \”AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR\” e \”POR TODA A SANTA CATARINA\”, ja mostrou que teremos um retrocesso em TODA SANTA CATARINA e terem um dos piores indice de desenvolvimento humano AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR. Acorda povo de Santa Catarina… vamos dar o troco nas eleições para prefeito. \”contra autoritárismo\”… votem contra esses ficha suja… 55 – PSD – 15 – PMDB – PSDB – 45 – PP – 11
    Assim como o Nobre governandor escreveu em seu livro que ninguém comprou… \”O POVO TEM ROSTO, NOME E ENDEREÇO\”. Espero que alguém lembre de dizer a ele que o POVO TAMBÉM TEM MEMÓRIA…
    …….”MMPC”…….NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRÚPTA”!!!

  7. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB??? ……………………………. …………………………………….Depois de bilhões serem “desviados” do FUNDEB, mais de R$ 50 milhões da Celesc e outros tantos milhões que a gente ainda desconhece, as VAIAS não são LEGítimas???
    Infelizmente a NOtícia é ABAfada nesse Estado de uma “opinião só”!!! …”ODEIA A MÍDIA, SEJA MÍDIA!!!”…………..o contra veneno é o próprio veneno, leia diferentes teses e manifeste a SUAAA!!!…….”MMPC”…Movimento do Magistério Público Catarinense contra a corja “corrúpta”!!!

  8. em 13 13UTC novembro 13UTC 2011 às 10:16 | marcelocardosodasilva

    …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???
    …….Deputada denuncia que Estado não quer abrir matrículas para 1ª e 2ª séries em 2012
    A deputada Luciane Carminatti denunciou, durante sua fala na tribuna da Assembleia Legislativa, de segunda-feira (31), que o Governo do Estado está orientando as Gerências Regionais da Educação (Gered’s) para que não abram matrículas para as primeiras e segundas séries na rede estadual de ensino no próximo ano.
    “Recebemos esta informação, o que nos deixou preocupados, porque o governo do estado publicou um decreto, o 502, onde diz que a municipalização do ensino fundamental é por adesão. Mas se a informação que recebemos for verdadeira, a municipalização está ocorrendo de forma impositiva e arbitrária”, disse Luciane.
    Leia Mais ……………………………………………………..”MMPC”…MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUPTA/CORRUPTORA”!!

  9. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???…………………………………….#
    …Alex diz: 15 de novembro de 2011

    Apoiados.”MANIFESTO DOS ESTUDANTES”

    Não se trata de ser contra a reposição das aulas, o problema é que a greve só ocorreu pelo descaso com que o sr LHS tratou a educação, e que o sr Colombo COM GRANDE MAESTRIA deu continuidade.

    Que os nossos alunos sigam o exemplo dos estudantes chilenos, que estão nas ruas exigindo a melhoria da educação pública (infelismente a imprensa brasileira tem ignorado o que tem ocorrido lá).
    …”MMPC” na LUTA contra a corja “corrupta/corruptora”!!!

  10. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???……………………………………..#

    soldo!?. Acorda “DESgovernadô” antes que seja tarde.
    #
    …”vio diz: 15 de novembro de 2011

    Para aplicar essa nova política salarial de reajuste unificado, o governo tem primeiro que corrigir as categorias que estão com o salário completamente defasado, caso dos policiais civis, praças da PM e professores. O Desgoverno de SC pode usar como exemplo os salários do Governo Federal, que são bem equilibrados.”
    …”MMPC”>>>MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUPTA/CORRUPTORA”!!!

  11. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???………………………………………#
    …….”Mel” diz: 15 de novembro de 2011

    “Espero que esta mudança na política salarial, seja coerente com os anseios de todas as categorias, principalmente, educação, saúde e segurança pública. O plano apresentado a educação é uma vergonha, já tinham acabado com o plano de carreira e agora acabam de sepultar. Pessoas inteligentes não tratam uma categoria como a educação com tanto descaso, sendo que somos os formadores de uma nação, todos os cidadãos brasileiros/catarinenses passam pelas mãos de professores, acredito que quem faz o que faz com a educação neste país, só pode ter sido aquele tipo de aluno que não quer nada com nada e ainda tem raiva de quem o quer por ele. Mas o que esperar de políticos que não entendem de educação…eles não perdem por esperar, 2012 está aí…já demonstramos do que somos capazes enquanto categoria, o próprio governandor está nos levando a uma nova GREVE…Pergunto: e o SINTE, o que tem a nos dizer sobre esta proposta apresentada???????????
    Abraços, MÔA! e obrigado pelo espaço.”
    …”MMPC” >>> NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUPTA/CORRUPTORA”!!!

  12. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???………………………………………
    ………”Um cadeirão em ebulição”
    14 de novembro de 2011

    Do professor Duda Vieira, via e-mail, em análise intitulada “um caldeirão em ebulição”:
    “A sociedade catarinense deve se preparar para viver momentos extremamente difíceis, sobretudo, no que tange ao acesso aos serviços públicos, saúde, educação e segurança.
    A Educação efetuou um movimento reivindicatório que fez o governo sangrar durante 60 dias, ainda assim prevaleceu a insensibilidade do governo não atendendo as reivindicações dos mestres, ao contrário o governo solapou direitos historicamente conquistados. Novamente vemos os nossos professores materializar suas angustias, decepção e desilusões por não terem seus pleitos atendidos, por continuarem com salários achatados, lecionando em escolas sucateadas, caindo aos pedaços, frequentemente interditadas pela Vigilância sanitária.
    Os trabalhadores da Saúde ameaçaram greve geral, incorporaram um abono, que já era promessa governamental, foram sensíveis e deram prazo para o governo atender as demais reivindicações e não receberam resposta. Nos bastidores a mobilização funcional é forte.
    Na segurança a insatisfação é generalizada, um verdadeiro Caldeirão em Ebulição, fomentado única e exclusivamente pela inércia e descaso governamental. Tal descaso não é obra apenas do atual governo, ele se inicia na década passada e se agravou anualmente, sobretudo quando a Secretaria de Segurança foi transformada num balcão partidário, sempre ocupado por políticos.
    A Polícia Civil com um piso salarial de R$ 781,00, menor do que o vale refeição da Assembléia Legislativa, do Tribunal de Contas, do Ministério Público, acredito que seja o pior piso salarial dentre todos os funcionários públicos do Estado. Na policia Militar e Corpo de Bombeiros o descaso não é diferente, o achatamento salarial e a disparidade entre o menor e o maior salário contribui para o desestimulo da corporação, sem contar a insistência governamental em não cumprir a Lei Federal da Anistia.
    O caldeirão está em ebulição e o governo prefere fazer trem de alegria e viajar para o Oriente. Ignorando redondamente os demais servidores, escala o vice governador para ser o interlocutor das negociações com a Policial Civil, que de mãos vazias e sem tinta na caneta não apresenta proposta alguma, enquanto o Governador faz de conta que nada é nada. Em seguida numa fanfarrice inominável o Secretário de Turismo monta um circo, se dizendo preocupado com a segurança durante a temporada, mas na verdade faz marketing visando as eleições do ano que vem, onde se diz candidato a prefeito.
    Professores, servidores da saúde, Policiais Civis, militares e bombeiros, coloquem as barbas de molho, pois a decepção vai ser do mesmo tamanho da angustia de todos nós.
    O ano de 2011, é um ano perdido para o Estado de Santa Catarina, o atual governo não realizou uma única ação de caráter estadualizada, em nenhuma área, muito pelo contrario, piorou as condições educacionais dos nossos jovens e crianças, da saúde, sobretudo com a terceirização e ameaça das Organizações Sociais e do absoluto aumento da insegurança e violência. O ano de 2011 serviu apenas e tão somente para viagens internacionais, divisão de cargos, nomeações da companheiros partidários, inclusive de ímprobos nas secretarias, traição política, fundação de um novo partido, e ultimamente todos os esforços do governo é no sentido de garantir candidaturas e as coligações para as eleições de 2012.
    O Rei está nu. O Governo está acéfalo, está inerte.
    Duda Vieira”………………. …..”MMPC”>>>MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUTA/CORRUPTORA”!!!

  13. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???……………………………………..#
    …….”cardo” diz: 14 de novembro de 2011

    Chato é ler e reler a frase que eu fui o primeiro a escrever. Fiz num comentário no período do não cumprimento da LEI Nº 11.738, DE 16 DE JULHO DE 2008 do piso nacional e de sua aplicação no plano de carreira, LEI COMPLEMENTAR PROMULGADA Nº 1.139, de 28 de outubro de 1992: O rei está nú. Na realidade não é o rei que está nú, mas a Política Catarinense homogeneisada por um truste de partidos que franquearam cada cargo comissionado para seus quadros e trasnformaram a máquina pública num escancarado escritório partidário privado, privando os catarinenses do serviço público ofercido com qualidade. Nesse caso, Nelson Rodriguez estava enganado quando de sua célebre frase: Toda nudez será castigada. A nudez da safadeza política/partidária criada por LHS/ Pavabn/Bauer referedada por Colombo/ Moreira/Tebaldi/Dechamps e a inescrupulosa Múltipla Aliança que transformou a democracia em \”Agora é nóis que manda\”.
    …”MMPC”>>>NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUPTA/CORRUPTORA”!!!

  14. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB???………………………………………#
    …Mané da Barra da Lagoa diz: 14 de novembro de 2011

    \”O Moaci ovô ti dezeti uma coisa, o que o tali de Duda disse é uma verdade. O já leio eli desde a grevi dos nosso professô, escrevi coisa boa o mininu. O calderão tá imbulição mesmo, e não é o calderão do tali de Ruck, é dotô, é professô, é puliça é delegadu,\” hummm, tá todo mundo unido\”… Efetivamente o governo vai conseguir algo inédito, unificar todos os movimentos reivindicatórios num só. Querer tratar igualmente os desiguais é tudo que os servidores semprfe almejaram. Fica o alerta na escrita acima, o caldeirão está em ebulição. Quando o navio começa a fazer águas, os ratos pulam primeiro…\”já tevi otoridade que dexô de negociá\”
    …”MMPC”>>>NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUPTA/CORRUPTORA”!!!

  15. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!>>>CADÊ A VERBA desviada DO FUNDEB??? …………………………#
    “Mel” diz: 17 de novembro de 2011

    Boa tarde, MÔA!!!
    Nosso governador tem memória curta, esqueceu-se cedo do compromisso assumido com o magistério para que a greve terminasse. Nossa data base é janeiro, o repasse do MEC é de 16% e não de 8% e ainda, pasme, pagos em duas parcelas. Não consigo acreditar que vamos começar novamente a época de penúrias, do sufoco…Diga-me, quem tem vontade ainda de ser professor???? Não deveríamos nem terminar o ano letivo, depois desse anúncio…Precisamos um parecer do SINTE, portanto, o SINTE com a palavra…essa equipe de estudos nos devem boas justificativas…
    …”MMPC” NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUPTA/CORRUPTORA”!!!

  16. …AUDITORIA FEDERAL JÁ!!!……………………….#
    …….Fernando diz: 17 de novembro de 2011

    Caro, MÔA [URGENTE]

    ATAQUES DE RAIMUNDO COLOMBO AO MAGISTÉRIO…

    ESTRUTURA DA CARREIRA: Os percentuais de progressão serão [de acordo com o impacto financeiro e limites legais], traduzindo vontade politica. Retirando o mestrado e doutorado da tabela.

    DO INGRESSO: Cria nova modalidade de vaga para concurso publico a [vaga permanente], uma clara manipulação legal para dificultar os concursos e mantém o ingresso em nivel de graduação, desconsiderando a formação.

    DA PROGRESSÃO: Aumenta o tempo necessário de 3 para 5 anos sem percentual definido e ainda acrescenta mais critérios [pontuação minima considerando horas de aperfeiçoamento, provas de conhecimento, e indice que considera a assiduidade].

    DAS GRATIFICAÇÕES: Cria a gratificação anual [considerando a evolução de indicadores de desempenho dos alunos, bem como indicadores individuais do corpo docente, assiduidade]. Mas sem considerar a responsabilidade do Estado em relação as condições de trabalho, jogando totalmente para os professores a responsabilidade.
    Aumenta a hora-aula para hora-relógio fazendo assim que o Estado [cumpre] o 40% de hora-atividade a ser cumprida na escola. Ficando implicito assim que os professores terão que ficar 10 periodos na escola. Aumentando a carga de trabalho e anulando assim qualquer reajuste de salário que possa haver com a Lei do Piso.

    Divide ainda mais os trabalhadores em educação criando três grupos de trabalho, o que trará no futuro próximo sérias consequências do ponto de vista dos direitos.

    O GOVERNO COM ESSES [AUMENTOS] DEIXOU CLARO QUE O GRUPO DE ESTUDOS REPRESENTA [NADA], POIS NAS REUNIÕES NÃO TROUXERAM NADA DE CONCRETO [NÃO HAVENDO PROPOSTA POR ESCRITO EM PAPEL TIMBRADO E ASSINADO TROUXERAM], NA ULTIMA REUNIÃO.

    A COISA É SÉRIA!!!
    …ESTADO DE GREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEVEEE!!!

  17. …AUDITORIA FEDERAL “CIDADÔ JÁ!!!……………….
    …….Congresso e Governo não priorizam o PNE

    O prazo para apresentação do parecer da Comissão Especial da Câmara dos Deputados ao PL 8.035/10, que dispõe sobre a aprovação do novo Plano Nacional de Educação, inicialmente marcado para 3 de novembro, foi adiado por duas vezes e agora tem previsão para os próximos dias 22 ou 23 de novembro. Trata-se de uma situação que preocupa a todos, pois a sociedade esperava contar com o PNE aprovado pelo Congresso (Câmara e Senado) neste ano de 2011.

    Embora os motivos para os adiamentos não tenham sido revelados, duas situações parecem justificar o caráter protelatório empregado à tramitação do PNE.

    Sob o aspecto do mérito, o governo tem feito “jogo duro” para manter a previsão de investimento do PIB em 7% ao longo da próxima década, patamar este que não garante o atendimento com qualidade na educação básica, à luz dos preceitos da Emenda Constitucional nº 59, tampouco permite expandir o ensino superior público na proporção capaz de reverter seu atendimento majoritariamente elitista.

    Em relação ao tempo processual, o Congresso demonstra claramente que há outras prioridades acima do PNE. Por parte da base do governo, a agenda central é a renovação da DRU (Desvinculação de Receitas da União). Pelo lado da oposição, a tentativa de instalação de inúmeras CPIs, pautadas pela mídia, consome grande parte dos esforços parlamentares.

    Enquanto isso, governadores e prefeitos reclamam a falta de recursos para cumprir a lei do piso do magistério e pouco se avança na qualidade da educação. E nós perguntamos: até quando o discurso sobreporá efetivas ações políticas?

    A sociedade tem feito a sua parte. Em 26 de outubro realizou grande marcha em Brasília pelos 10% do PIB para a educação pública. Por parte dos sindicatos da educação, inúmeras greves foram deflagradas nos estados e municípios, em 2011, em razão do descumprimento do piso salarial nacional do magistério vinculado aos planos de carreira da categoria. Mas parece que o Congresso e os governantes do país não se sensibilizaram com essas realidades.

    De nossa parte, prometemos mais lutas até que a educação seja prioridade de fato… ….”MMPC”…MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE NA LUTA CONTRA A CORJA “CORRUTA/CORRUPTORA”!!!

  18. …AUDITORIA FEDERAL “CIDADÔ JÁ!!! Esta Dívida Pública É!?#:…”mentira”
    …….”los lobos” diz: 18 de novembro de 2011

    …COMEÇA A DEVASSA EM SC CATARINA C/ A MUNICIPALIZAÇÃO E VOU REPETIR O QUE UM POLÍTICO DO SUL REPETIU: SE FOSSE COISA BOA O GOVERNO NÃO OFERECERIA. E, QUE FIQUE BEM CLARO O MUNICÍPIO PEGA SER QUISER . PORTANTO QUANDO ESTRAGO ACONTECER NO FUTURO NÃO VENHAM COM CONVERSA DE QUE FOI OBRIGADA PELO ESTADO. EDUCAÇÃO DE QUALIDADE PRECISA DE MUITO INVESTIMENTO E ISTO TÁ LONGE DE ACONTECER. NESTE MOMENTO, FIM DE MANDATO DE PREFEITO ASSINAR CONVÊNIOS DESSA NATUREZA É BRINCAR COM A EDUCAÇÃO E O ESTADO SE LIVRA DE UMA EDUCAÇÃO FALIDA ONDE OS GOVERNOS NÃO INVESTIRAM NA FORMAÇÃO DO PROFESSORES, PRÉDIOS CAINDO, SEM CONCURSO PÚBLICO UM DESCASO C/ A SOCIEDADE E DE TODOS QUE ESTUDAM EM ESCOLAS PÚBLICAS. OS GOVERNOS PASSAM E O PREJUÍZO FICA P/ DE DEPENDE DO PODER PÚBLICO… E AINDA ESPERO PELA LUCIDEZ E RESPONSABILIDADE DOS PREFEITOS ….
    …”MMPC”…Movimento do Magistério Público Catarinense NA LUTA CONTRA A cORJA “cORRUPTA/cORRUPTORA”!!!

  19. …AUDITORIA CIDADÃ “FEDERAL JÁ!!!”…………”Dívida Pública”,a mentira!!!…….
    …”J B B” diz: 18 de novembro de 2011

    Caro MÔA bom dia.
    …”Homem de sorte esse sr. Tomé Francisco Prefeito de São Lourenço do Oeste. Pois esse é o primeiro e, com certeza não vai lhe faltar agrado e muito dinheiro. Sim, é este que vai ser exemplo para que haja o convencimento dos demais.
    Este Des-governo não está em momento algum preocupado com a valorização da Educação e muito menos com os profissionais da Educação, mas sim em achar uma maneira de transferir essa bomba relogio que está proxima a explodir para as prefeituras, que, em sua maioria já não conseguem resolver seus pormenores.
    Moacir, a Educação como um todo, respira por aparelhos e não poderia ser diferente quando temos um governador que, com o perdão da palavra é um quase analfabeto, ao ponto de achar que professor não precisa ser qualificado.
    Senhores prefeitos acordem, a realidade é outra, esta responsabilidade não pode ser transferida, doada nem vendida.
    Sr. secretário , Marco Tebaldi, transferir a gestão do ensino fundamental, para as Prefeituras é faltar com respeito a toda a sociedade Catarinense, pois bem sabes o que isso significa.
    Pois se o Estado com toda a máquina de gerar recursos deixou a Educação em toda a sua plenitude totalmente sucatada, que milagres farão os Municipios que a bem da verdade, em sua maioria vivem de migalhas do Estado e da União.”
    …”MMPC”>>>NA LUTA CONTRA A cORJA “cORRUPTA/cORRUPTORA!!!<<< EM ESTADO DE GREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEVEEE!!!

  20. …AUDITORIA CIDADÃ “FEDERAL JÁ!!!”>>>DÍVIDA PÚBLICA???
    …Projeto amplia poder de fiscalização de conselhos do Fundeb

    A Câmara analisa o Projeto de Lei 6850/10, do deputado Iran Barbosa (PT-SE), que amplia o poder de fiscalização dos conselhos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

    A proposta altera a lei que regulamenta o Fundeb (Lei 11.494/07). Os conselhos do Fundeb são formados por representantes do governo, de educadores e de pais e estudantes, com a finalidade de fazer o controle social sobre o uso dos recursos dos fundos voltados para a educação.

    A proposta inclui entre as atribuições desses conselhos o acompanhamento dos recursos do salário-educação, o acesso a informações relativas ao salário pago a profissionais da educação pelo Fundeb e a fiscalização do emprego do montante destinado à manutenção e desenvolvimento do ensino.

    Controle social
    “A legislação nacional tem dado passos firmes na direção do aprofundamento do controle social sobre os recursos e as políticas públicas. A iniciativa é necessária para a ampliação da transparência, da publicidade e da democratização ao acesso às informações públicas”, afirma o deputado Iran Barbosa.

    Além de acompanhar os recursos do Fundeb, os conselhos fazem a supervisão do censo escolar, atuam na elaboração da proposta orçamentária anual, acompanham a aplicação dos recursos federais transferidos para o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE) e para o Programa de Apoio aos Sistemas de Ensino para Atendimento à Educação de Jovens e Adultos, entre outros.

    A legislação atual não garante, no entanto, aos conselhos do Fundeb a prerrogativa de acompanhar os recursos do salário-educação. Também não assegura o acesso dos conselheiros ao valor pago durante o ano (massa salarial) a cada profissional com recursos do Fundeb, embora permita a verificação da folha analítica dos educadores, com níveis, modalidades de ensino e estabelecimentos em que atuam.

    O projeto garante ainda o direito de os conselhos requisitarem ao Poder Executivo cópia de documentos referentes a informações acerca da aplicação dos recursos destinados à manutenção e desenvolvimento do ensino, conforme previsto na Constituição Federal e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96).

    Tramitação
    O projeto, que tramita em caráter conclusivoRito de tramitação pelo qual o projeto não precisa ser votado pelo Plenário, apenas pelas comissões designadas para analisá-lo. O projeto perderá esse caráter em duas situações: – se houver parecer divergente entre as comissões (rejeição por uma, aprovação por outra); – se, depois de aprovado pelas comissões, houver recurso contra esse rito assinado por 51 deputados (10% do total). Nos dois casos, o projeto precisará ser votado pelo Plenário., será analisado pelas comissões de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    …”MMPC” NA LUTA CONTRA A cORJA “cORRUPTA/cORUPTORA”!!!

  21. …AUDITORIA FEDERAL JÁ “CIDADÔ!!! UMA DÍVIDA PÚBLICA/EXTERNA DE MENTIRA “É UMA FRAUDE!!!”…………A crise econômica e os dilemas da União Europeia

    * Análise

    A classe trabalhadora, mais cedo ou mais tarde, buscará uma alternativa para a crise

    18/11/2011

    “Brasil de Fato” UM JORNAL DE FATOS!!!

    …”Até a década de 1990, era comum nas análises econômicas encontrarmos o Japão, os EUA e a Europa caracterizados como o tripé da economia mundial. De fato, depois da Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) os EUA emergiram como a principal potência capitalista do planeta. Ao mesmo tempo, para se contrapor à influência da URSS, os EUA contribuíram decisivamente para a recuperação econômica do Japão e da Europa arrasados pela guerra. Desde então, EUA, Japão e Europa se destacaram como o centro dinâmico do capitalismo.

    A partir da década de 1970, o capitalismo adentrou, gradativamente, numa etapa de acumulação marcada pela hegemonia do capital financeiro, por constantes crises cíclicas de superprodução e baixas taxas de crescimento econômico. A economia japonesa está estagnada desde o início da década de 1990. A economia estadunidense, também estagnada, acumula seguidos déficits fiscais e altas taxas de desemprego. Agora, a crise econômica mundial castiga principalmente a Europa.

    As projeções da Comissão Europeia (CE) para 2011 revelam que a taxa de desemprego na zona do Euro vai atingir os 10%. Um percentual considerado preocupante e com tendência de subir. A projeção para o presente ano é que o crescimento econômico da zona do Euro será mínimo, em torno de 1,5%. Prevê ainda que, em 2012, ocorra uma expansão na economia de 0,5%. Isso se tudo der certo, ou seja, se a União europeia conseguir manter sob controle a crise da dívida que ameaça afundar o Euro e aprofundar a crise econômica mundial. Diante desse nebuloso cenário em que se encontra o Velho Continente, podemos tirar algumas conclusões:

    Estamos assistindo à dissolução da utopia liberal e capitalista que concebeu a construção da União Europeia. Ou seja, uma crise do projeto de integração econômica e política de uma Europa inclusiva e sem fronteiras. Predominou a velha desigualdade de riqueza e poder que sempre impulsionou os revanchismos, xenofobismos e rivalidades de um continente historicamente belicoso.

    O atual endividamento dos Estados nacionais da Zona do Euro foi agravado, em grande parte, porque na crise de 2008 e 2009 esses países se endividaram para socorrer o setor privado: as corporações capitalistas e os grandes bancos.

    A União Europeia entrou numa camisa de força ao estabelecer unidade monetária sem unidade fiscal. Secundarizou, portanto, a desigualdade entre as nações, algo inerente ao desenvolvimento desigual e combinado do capitalismo. A atual crise da dívida gerou uma crise fiscal que é incompatível com a meta do euro forte e estável.

    A União Europeia não orienta a Grécia e outros países a aplicar políticas anti-cíclicas baseadas no investimento produtivo para gerar demanda efetiva e, assim, potencializar o consumo dinamizando a economia. Insiste nas receitas ortodoxas neoliberais como recomenda o FMI. Outra expectativa do capital financeiro para minimizar a crise é que os BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) contribuam financeiramente para o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira. Os BRICS não concordaram. O governo brasileiro, corretamente, descartou essa possibilidade. A China, fundamental no xadrez geopolítico mundial, se mostrou reticente.

    Existe um esforço por parte do mercado financeiro, dos grandes bancos e corporações para evitar a participação popular na solução da crise. É uma tentativa inútil, desautorizada pela história, de separar as contradições da economia da política de massas. Prova disso é o caso da Grécia. No momento em que se colocou a possibilidade de fazer um plebiscito para saber se a população concordava ou não com os termos do acordo de salvação financeira daquele país, ocorreu uma reação imediata e contrária à realização do plebiscito. É o mercado financeiro atentando contra a soberania dos Estados nacionais.

    A solução institucional do “governo de união nacional” viabilizada na Grécia e, provavelmente, na Itália é uma tentativa do capital financeiro de legitimar os draconianos ajustes neoliberais. Ao mesmo tempo, esse tipo de governo tem uma tendência a frustrar as massas abrindo uma nova etapa de lutas sociais. Esse sentimento de frustração das massas europeias poderá ser potencializado por uma socialdemocracia sem projeto, frágil e descaracterizada ideologicamente. A classe trabalhadora, mais cedo ou mais tarde buscará uma alternativa para a crise. Esperamos que seja uma alternativa pela esquerda.”
    …”MMPC”>>>NA LUTA CONTRA A cORJA “cORRUPTA/cRRUPTORA”!!!

  22. …AUDITORIA CIDADÃ!!!>>>QUE DÍVIDA???CHEGA DE ROUBO!!!#
    dos Santos diz:…………… novembro de 2011

    Acho estranho que o Sinte ainda não tenha percebido que o governador Colombo não é homem de diálogo como aparenta ser. Ele recebe os lideres das diversas categorias para conversar, mas ele já tem tudo planejado e impõe o que ele bem entende. Por que o Sinte não recorreu à Justiça contra o PLC 026, que é ilegal? A CNTE, em seu site, estava orientando os sindicatos estaduais e acionarem a Justiça. Por que o Sinte continua negociando com alguém que não tem a mínima confiabillidade? Será que a experiência da greve não foi suficiente?
    …”MMPC” NA LUTA CONTRA A CORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  23. …AUDITORIA CIDADÃ!!!>>>QUE DÍVIDA???CHEGA DE ROUBO!!!#
    GREVE JÁ!!! diz: 22 de novembro de 2011

    Enquanto eles se reúnem para fingir que estão decidindo algo que o Governador já decidiu, as escolas continuam a mercê de todo tipo de atrocidade, inclusive de gangues armadas entrando na escola. E quando a escola pede um portão com interfone, dizem que é luxo. Primar pela segurança de todos agora é luxo?? Então larguem seus guarda-costas, bando de corruptos!!!
    …”MMPC” Na LUTA contra a corja corrupta/corruptora!!!

  24. AUDITORIA CIDADÃ!!!>>>CHEGA DE ROUBO>>>CORRUPTOS FDP!!!#
    Marcio diz: 22 de novembro de 2011

    Alguns ganham muito; outros ganham mais do que merecem, outros ganham até sem trabalhar efetivamente; mas a MAIORIA ganha um salário de fome!

    Os governos anteriores e o Atual, acham que servidor público não merece receber salário; esquecem-se que o estado só funciona porque ainda existem servidores públicos dedicados e trabalhadores.

    Infelizmente o Ditador (digo-Governador), compara o trabalho de um frentista ao de um Policial. Isso mostra o total despreparo deste cidadão. Só falta comparar um Professor com uma prostituta; com todo respeito a esta \”profissão\”.

    A dedicação e a paciência do Servidor Público estão ladeira a baixo; e sem freios…
    …”MMPC” Na LUTA!!!

  25. …AUDITORIA CIDADÃ!!!…A DÍVIDA FOI PAGA???!!!!
    Escolas péssimas, ACTs inseguros
    ……………………………novembro de 2011

    “Boa tarde:
    Estamos chegando ao final de mais um ano letivo, um ano daqueles que jamais esqueceremos, afinal lutamos por mais de 60 dias por um direito que até hoje não foi nos dado da forma correta. Mas enfim, como esta a situação nas escolas? Particularmente, na escola Campos Verdes, de Jaguaruna, a que leciono está péssima. Para entender melhor, estamos trabalhando em um prédio que era para ser um mercado, não tem as mínimas condições de servir de escola, estamos há dois anos lá! Este ano tínhamos a promessa de que até em julho a nova escola iria começar a ser construída, até hoje nada, a promessa é dezembro, mas de promessas estamos cheios! Os alunos estão desmotivados, não tem espaço para merendar, brincar, praticar a educação física e estudar, o laboratório de Informática tem mais de 30 computadores, mas somente seis funcionam, a escola não tem verba para arrumar os demais, tão pouco a SDR, os professores ACTs que são a maioria, passaram por uma prova totalmente descontextualizada que não tem a mínima condição de selecionar alguém para dar aulas, alias uma prova com quase 56 mil inscritos na esperança de um concurso e na insegurança de não ter vagas para o ano que vem, os efetivos vivem o fantasma e a insegurança da imposição de um novo plano de carreira e de como ficarão caso as escolas passem a ser municipalizadas, não sabemos se o governo pagará o reajuste do piso em Janeiro e nem se realmente ganharemos algum reajuste. Então junte tudo isso, mais a preocupação com uma educação de qualidade que nos esforçamos para dar e o que temos? Professores doentes, alunos revoltados, direção relapsa aos problemas e um governo que nos desmotiva, e porque continuamos? Realmente me falta uma resposta!
    Prof. Magnum P”…………………..CADÊ O CONCURSO PÚBLICO DO MAGISTÉRIO………….”MMPC” Movimento do Magistério Público Catarinense na LUTA contra a corja corrupta/corruptora!!!

  26. …AUDITORIA CIDADÃ!!!>>>A DÍVIDA CADÊ???>>>EXISTE???
    CAAAlombo viaja a Europa em dezembro???
    22 de novembro de 2011 …”Mestre Môa”

    O governador Raimundo Colombo fará nova viagem a Europa no inicio de dezembro.??? Deverá cumprir roteiro em Portugal, Espanha e Alemanha. O programa foi elaborado pelo secretario Paulo Bornhausen(ô filhote DE CRUZCREDO).Prevê a assinatura de acordos internacionais em Barcelona, Munique e Lisboa.
    … cidada indignada diz: 22 de novembro de 2011

    boa viagem colombino….vai e não volte por favor!!!

    enquanto isso….os policiais civis que se virem com seu salario de 781 reais….que não paga nem um aluguel.
    *
    … aurelio pereira diz: 22 de novembro de 2011

    Pô, esse cara só viaja, quando é que vai começar à governar? Será que teremos trenzinhos, agora ao exterior? Tribunal de contas do Estado, olho neles! Uma diária p/ um técnico em viaje pelo Estado é R$ 110,00, quanto será p/ esses PARASITAS viajarem ao exterior? Dinheiro pôsto fora, pois estas viagens não traz benefício nenhum ao Estado! Enquanto isso, AS GREVES PIPOCAM POR AÍ e nós pagando a conta!
    *
    … Fernando Luís Ramos diz: 22 de novembro de 2011

    GOVERNADOR [DORIL]
    .
    Surgiu problema… SUMIU!!!
    .
    Assim foi no início da mobilização do magistério e da polícia civíl e agora nos imbróglios do valor do reajuste do magistério e das negociações com os políciais civís.
    .
    VERGONHA…
    .
    Falta gente com PULSO FIRME no centro administrativo, que encare de frente os problemas, e não faça viagem turistica de negócios, ao qual demonstra a falta de [SENSIBILIDADE] com o funcionalismo público catarinense.
    *
    … Pedro diz: 22 de novembro de 2011

    Gostaria de ter acesso ao teor de tais acordos internacionais a serem assinados. Com certeza, apenas discurso palanqueiro-politiqueiro, até porque o governo do estado não têm competência para fazer negócios. Portanto, acordos líteros-musicais-de-coisa-alguma apenas disfarçam o festerê privado com o dinheiro público. No total, quantos comporão a \”comitiva\’? Quanto custará aos cofres públicos? Vergonhoso.
    *
    … Marcelos Becker diz: 22 de novembro de 2011

    Boa Tarde.
    Será que nosso digníssimo Governador vai viajar na semana que nossos bravos policiais deram o prazo para respostas as suas reinvidincações? E como foi na greve dos professores vai deixar a caneta para os assessores ou vice-governador tomar as decisões, sendo que não possuem poder de decisão. E os policiais teram que aguardar sua volta.
    Haja paciência….
    …”MMPC” NA LUTA CONTRA A cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  27. …AUDITORIA CIDADÃ!!!>>>QUE DÍVIDA É E$$A???$$$$$$$$$$
    …A polêmica da municipalização do ensino
    22 de novembro de 2011

    Da professora Cláudia Spíndola Stanchak, de Otacilio Costa, sobre a municipalização do ensino:
    “Depois de décadas estudando, nós professores temos que lutar todo dia para manter o mínimo de dignidade dentro da profissão.
    Temos audiência pública na Câmara de vereadores dia 5 de dezembro próximo para questionar a municipalização das escolas públicas estaduais – assunto que deve preocupar todos os cidadãos com o mínimo de conhecimento ou de desconfiança do uso dos recursos públicos nas esferas federal, estadual e municipal..
    Anteciparam-se notícias de causar indignação: anunciou-se a municipalização da E.E.B Nossa Sra. de Fátima – sem lei e sem documento o poder municipal comandaria a Escola pertencente à rede estadual.
    Ora pois, sabemos que não houve vagas suficientes paras os alunos nas creches – estas sim são de obrigação da Prefeitura; além de não conseguirem matrícula na rede municipal alunos cujos pais passaram a madrugada na fila para garantir a vaga do filho que já era da escola ou creche procurada!
    Falamos com a experiência de 30 anos de magistério e propriedade de quem estuda as conseqüências da municipalização há pelo menos 20 anos…

    Primeiro: Se é o governo do Estado quem tem mais recursos, por que será livrado de responsabilizar-se pela educação básica de 1º a 9º ano?

    Segundo: se a prefeitura não dá conta das atuais matrículas, como se arvoraria em “resolver” situações que não são de sua esfera; inclusive invadindo espaços em que há profissionais – professores estaduais atuando como responsáveis?

    Terceiro: Pode ser invadida a Escola Estadual sem consultar pais, alunos, professores, funcionários, ignorando a representatividade da APP, além da comunidade do bairro Fátima e de todos os otacilienses?

    Quarto: Toda a comunidade de Otacílio Costa tem consciência do que está acontecendo? Foi avisada que “adquirindo” mais escolas, a prefeitura gastará mais recursos para manter as mesmas com manutenção dos espaço s escolares, com merenda, com uniforme, com salário de mais professores – que hoje são obrigação do governo estadual; até o ponto em que ela (prefeitura) terá tantas escolas para sustentar (já estão de olho na EEB AgarAlves Nunes e na EEB Fazenda Olinkraft) que não sobrarão recursos para investir em outras esferas da municipalidade?

    Quinto: Já não chega a interferência partidária de políticos totalmente alheios à educação nomeando diretores para gerenciar educadores do Estado que estudaram muito, mas muito mais do que os “excelentíssimos”? Estudar pra que se somos ignorados para opinar? Nas ditaduras – mesmo eleitas- não se costuma ouvir a voz de que possa parecer inteligente; entende-se por “perigoso”. Imagine-se quando todos os profe ssores forem empregados pelo Município, com vão ser as escolhas, as perseg…, ou as percepções…

    Sexto: Se há dinheiro sobrando para assumir as escolas estaduais, então supõe-se que a assistê ncia municipal à saúde seja de primeiro mundo – o que não acontece.

    Poderia elencar inúmeras razões e inúmeros setores do município desassistidos para que todos estejam contra a municipalização do ensino básico estadual; mas nem sempre quem manda é que conhece e lê – principal ferramenta da Educação para sustentar qualquer discussão, sobre quaisquer assuntos.
    Não se municipaliza escola estadual sem que o prefeito queira e permita tal situação. Entendemos que prefeito inteligente prefira cuidar de suas escolas – as municipais, deixando para o governo estadual as despesas das escolas estaduais.
    Nós, Professores e profissionais da rede estadual de educação contamos com a palavra dos Vereadores que não permitirão que atitudes ditatoriais imperem sobre as razões que mostram que a educação básica pode e deve ser distribuída entre Prefeitura e Governo do Estado, para que se evite a falência do Município.
    Vereadores e todos os cidadãos esperam que nossa Cidade tenha recursos que dêem conta das várias demandas, das várias secretarias.
    Dizemos NÃO a livrar o governo estadual de suas responsabilidades. Dizemos NÃO ao que pode levar nosso Município a falir financeiramente; decretando também a falência de qualquer vestígio de democracia; já que vamos às urnas para eleger futuros governantes, não ditadores…
    Sendo cidadãos conscientes, esperamos – mas não passivamente; que os eleitos façam aquilo para que foram escolhidos – governar pelo bem comum, pensando que toda atitude tomada hoje, semeia o futuro – inclusive político; de um Município que tem tudo para prosperar, evitando disputas pessoais e coletivas desnecessárias.”$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ …”MMPC” NA LUTA CONTRA A cOJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  28. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!…………………#
    …”Fê Ramos” diz: novembro de 2011

    SANTA CATARINA: ESTADO EM QUE NÃO SE CUMPREM AS LEIS…
    [O que se esperar desse pessoal para cumprir ACORDOS]
    .
    Com as desculpas esfarrapadas de sempre:
    – Estamos dentro da lei, o piso esta sendo pago…
    E A CARREIRA?
    .
    – Não sabemos qual o parametro para fazer o calculo do reajuste do piso…
    É O INPC! [esta no site da câmara de deputados]
    .
    – Limites orçamentarios do estado…
    USAR A TOTALIDADE DO FUNDEB, E PORQUE PARA OS FUNCIONÁRIOS DO TCE NÃO EXISTEM [LIMITES ORÇAMENTARIOS]
    .
    – O reajuste ficará para maio com o novo valor do piso do magistério…
    A data base do magistério [por lei] é janeiro e o calculo será pelo INPC
    .
    INFELIZMENTE FALTA VONTADE POLITICA, E O QUE PERCEBEMOS PELO [andar da carruajem] QUE MAIS UMA VEZ OS PROFESSORES FICARÃO [na vontade]:
    – A reconstrução do plano de carreira não esta sendo discutido [com urgência] para ser votado na ALESC esse ano para vigorar em jan/2012.
    – O governo se faz de desentendido sobre as informações do reajuste do piso salárial 2012 e assim [empurra com a barriga] para isso ser decidido na melhor das hipotises em fevereiro de 2012.
    – O governo relutou em cumprir a lei do piso nacional durante a greve, e agora argumenta que o reajuste nacional [de acordo com a lei federal] será em maio de 2012.
    – Os professores [SE] receberem o reajuste salárial com a nova tabela do plano de carreira será em maio de 2012 e claro [SEM OS RETROATIVOS].
    .
    CONCLUINDO:
    – Não temos plano de carreira, e não havera tempo habil para a ALESC votar nesse ano ficando para a volta do recesso em 2012.
    – O GRUPO DE ESTUDOS é uma falácia, para ludibriar os professores porque não deliberou-se nada e suas conclusões estão a anos-luz das pretensões do magistério.
    – O governo [joga com o regulamento], de acordo com sua conveniência uma hora a lei federal não vale, depois para o seu interesse é a lei federal que vale.
    – As promessas do pós-greve [vão ser cumpridas]
    QUANDO?, PELO QUE OBSERVAMOS NEM O GOVERNADOR E SEU GRUPO GESTOR SABE…
    .
    TENHAM TODOS UM FELIZ 2012 E…A VIDA SEGUE!!!
    …”MMPC” Movimento do Magistério Público Catarinense na LUTA contra a cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  29. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!……………………VALEU”GALERA” É ESTADO DE GEEEEEEEEEEEEEEEEEEVEEE!!! “NA RESISTÊNCIA”
    Vossa Excelência

    Titãs

    Composição : P. Miklos, T. Bellotto, C.Gavin

    Estão nas mangas
    Dos Senhores Ministros
    Nas capas
    Dos Senhores Magistrados
    Nas golas
    Dos Senhores Deputados
    Nos fundilhos
    Dos Senhores Vereadores
    Nas perucas
    Dos Senhores Senadores…

    Senhores! Senhores! Senhores!
    Minha Senhora!
    Senhores! Senhores!
    Filha da Puta! Bandido!
    Corrupto! Ladrão! Senhores!
    Filha da Puta! Bandido!
    Senhores! Corrupto! Ladrão!…

    Sorrindo para a câmera
    Sem saber que estamos vendo
    Chorando que dá pena
    Quando sabem que estão em cena
    Sorrindo para as câmeras
    Sem saber que são filmados
    Um dia o sol ainda vai nascer
    Quadrado!…

    Estão nas mangas
    Dos Senhores Ministros
    Nas capas
    Dos Senhores Magistrados
    Nas golas
    Dos Senhores Deputados
    Nos fundilhos
    Dos Senhores Vereadores
    Nas perucas
    Dos Senhores Senadores…

    Senhores! Senhores! Senhores!
    Minha Senhora!
    Bandido! Corrupto
    Senhores! Senhores!
    Filha da Puta! Bandido!
    Corrupto! Ladrão! Senhores!
    Filha da Puta! Bandido!
    Corrupto! Ladrão!…

    -”Isso não prova nada
    Sob pressão da opinião pública
    É que não haveremos
    De tomar nenhuma decisão
    Vamos esperar que tudo caia
    No esquecimento
    Aí então!
    Faça-se a justiça!”

    Sorrindo para a câmera
    Sem saber que estamos vendo
    Chorando que dá pena
    Quando sabem que estão em cena
    Sorrindo para as câmeras
    Sem saber que são filmados
    Um dia o sol ainda vai nascer
    Quadrado!…

    -”Estamos preparando
    Vossas acomodações
    Excelência!”

    Filha da Puta!
    Bandido! Senhores!
    Corrupto! Ladrão!
    Filha da Puta!
    Bandido! Corrupto! Ladrão!
    Filha da Puta!
    Bandido! Corrupto! Ladrão!
    Filha da Puta!
    Bandido! Corrupto! Ladrão!…………………………………..”MMPC” NA LUTA CONTRA A cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  30. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!……………….<<>>>O MOVIMENTO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO CATARINENSE CONTINUAAA FIRME E FORTE, BATENDO SEM TRÉGUA NA LINHA DE CINTURA DO (DES)governadô joão raimundo calombo, que JÁ “SANGRA POR TODA STA. CATARINA”……………………………. ……………“Vários irmãos se recolhem, vão em frente.
    Vários também escravizam sua mente.
    Eu sei bem, quebro a corrente, e onde passo planto a minha semente.
    Gafanhotos nunca tomam de quem tem, predadores, senhores que mentem.
    Esperem sentados a rendição, nossa vitória não será por acidente.”
    (Stab – Composição: Marcelo D2 e Bnegão)………………………………………. …FORA CORRÚPTOS E CORRÚPTORES…”MMPC” EM ESTADO DE GREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEVEEE!!!NA LUTA CONTRA A cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  31. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA!!!<<>>>…”MMPC”…. …………..A arte de desaprender

    * Análise

    Assim como há escolas e cursos para aprender, deveria também existir para ensinar a desaprender

    27/09/2011

    Frei Betto

    Apresentou-se à porta do convento um médico interessado em tornar-se frade. O prior encarregou o mestre de noviços de atendê-lo.

    ― Caro doutor – disse o mestre – o prior envia-lhe esta lista de perguntas. Pede que tenha a bondade de respondê-las de acordo com os seus doutos conhecimentos.

    O jovem médico, acomodado no parlatório, tratou de preencher o questionário. Em menos de uma hora devolveu-o ao mestre. Este levou o papel ao prior e retornou quinze minutos depois:

    ― O prior reconhece que o senhor demonstra grande conhecimento e erudição. Suas respostas são brilhantes. Por isso pede que retorne ao convento dentro de um ano.

    O médico estampou uma expressão de desapontamento:

    ― Ora, se respondi corretamente todas as questões – objetou – por que retornar dentro de um ano? E se eu tivesse dado respostas equivocadas, o que teria sucedido?

    ― O senhor teria sido aceito imediatamente e, na próxima semana, já estaria entre os noviços.

    ― Então, por que devo retornar em um ano?

    ― É o prazo que o prior considera adequado para que o senhor possa desaprender conhecimentos inúteis.

    ― Desaprender? – surpreendeu-se o médico.

    ― Sim, desaprender. Entrar na vida espiritual é como empreender uma viagem: quanto mais pesada a bagagem, mais lentamente se cobre o percurso. Na sua há demasiadas coisas substantivamente inúteis.

    E o doutor partiu sob promessa de retornar dentro de um ano, o que de fato sucedeu.

    Assim como há escolas e cursos para aprender, deveria também existir para ensinar a desaprender. Quantas importantes inutilidades valorizamos na vida! Quantos detalhes sugam nossas preciosas energias e consomem vorazmente o nosso tempo! Quantas horas e dias perdemos com ocupações que em nada acrescentam às nossas vidas; pelo contrário, causam-nos enfado e nos sobrecarregam de preocupações.

    Precisamos desaprender a considerar os bens da natureza produtos de uso próprio, ainda que o nosso uso perdulário se traduza em falta para muitos. Desaprender a valorizar um modelo de progresso que necessariamente não traz felicidade coletiva e uma economia cuja especulação supera a produção. Desaprender a olhar o mundo a partir do próprio umbigo, como se o diferente merecesse ser encarado com suspeita e preconceito.

    O desaprendizado é uma arte para quem se propõe a mudar de vida. Nessa viagem, quanto menos bagagem e mais leveza, sobretudo de espírito, melhor e mais rápido se alcança o destino. Vida afora, carregamos demasiadas cobranças, mágoas, invejas e até ódios, como se toda essa tralha fizesse algum mal a outras pessoas que não a nós mesmos.

    O que nos encanta nas crianças com menos de cinco anos é a interrogação incessante, o interesse pela novidade, o espírito despojado. Era isso que sinalizou Jesus quando alertou a Nicodemos ser preciso nascer de novo, sem retornar ao ventre materno, e tornar-se criança para ingressar no Reino de Deus.

    O médico candidato a noviço comprovou ser bem informado, mas ignorava a distinção entre cultura e sabedoria. Soube elencar as mais célebres telas da pintura universal, sem no entanto ter noção do que significam e por que o artista fez isto e não aquilo. Conhecia todas as doenças de sua especialidade, sem a devida clareza de como se relacionar com o doente.

    A humanidade não terá futuro promissor se não desaprender a promover guerras e a considerar a pobreza mero resultado da incapacidade individual. Urge desaprender a valorizar o supérfluo como necessário e a ostentação como sinal de êxito. Desaprender a perder tempo com o que não tem a menor importância e se dedicar mais nos cuidados do corpo que do espírito.

    A vida espiritual é um contínuo desaprender de apegos e ambições, vaidades e presunções. A felicidade só conhece uma morada: o coração humano. Eis aí milhões de viciados em drogas a gritar a plenos pulmões terem plena consciência de que a felicidade resulta de uma experiência interior, de um novo estado de consciência. Como não aprenderam a abraçar a via do absoluto, enveredaram pela do absurdo.

    E convém aprender: no amor mais se desaprende do que se aprende.

    …”MMPC”>>>Movimento do Magistério Público Catarinense na LUTA CCContra a cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  32. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!……………………
    …………..Dirigente do Sinte explica porque deixou Grupo de Estudos
    28 de novembro de 2011

    Da Professora Janete Jane da Silva, do Conlutas, em nota intitulada “PORQUE ROMPEMOS COM O GRUPO DE ESTUDOS”, referindo-se a Comissão da Educação, com participação do Sinte, para equacionar o novo Plano de Carreira do Magistério:
    “O Governo Colombo passou boa parte da greve do Magistério afirmando que não havia recursos para pagar, imediatamente, o Piso Salarial Nacional e por isso mudou a tabela salarial da categoria para em seguida através de diálogo no Grupo de Estudos entre Governo e SINTE/SC fazer a RECOMPOSIÇÃO DA TABELA SALARIAL, AUMENTAR O VALOR DO VALE ALIMENTAÇÃO E REFORMULAR A LEI DOS ACT’s.
    O Decreto de anistia das faltas das mobilizações e greves de 2007 até 2011 e a alteração do Decreto de Progressão Funcional não seriam discutidos no Grupo por ser consenso e fazer parte das clausulas sociais logo, seriam encaminhados imediatamente após o final da greve.
    Passados 120 dias do término da greve, o Governo NÃO cumpriu o acordo! Não disse como e quando vai devolver nossa tabela salarial, NÃO alterou o decreto de progressão funcional, NÃO anistiou as faltas de 2007 a 2011 (o decreto feito somente “desconsidera” as faltas de 2008 a 2011 para progressão funcional), e pior, propõe um ataque estrutural ao Plano de Carreira onde os trabalhadores terão que fazer um esforço gigantesco e individual (como não ficar doente), para ter a progressão funcional na “carreira”, juntamente com a aplicação da meritocracia que não leva em consideração as condições de trabalho e coloca toda a responsabilidade nos ombros da categoria. Os trabalhadores ACT’s se tornarão “diaristas” passando a receber salários por aula dada (aprofundando a precarização das relações de trabalho).
    Além disso, está aplicando a MUNICIPALIZAÇÃO do ensino fundamental que passa a responsabilidade da área de ensino que mais exige investimento para o ente da federação (município), que menos arrecada. Sem falar do assédio aos professores promovidos por seus Gerentes Regionais, entrando nas escolas com o discurso que a municipalização chegou para vocês.
    O primeiro a romper com o Grupo de Estudos foi o próprio governo, tanto é que na última reunião somente Deschamps compareceu. Com exceção das mudanças no plano de carreira (enviado por e-mail), anunciou todas as mudanças pela imprensa e em reuniões pelo estado com os diretores de escolas, antes de discuti-las no Grupo de Estudos. Todas as propostas de mudanças já estão ocorrendo por fora do Grupo. Mudanças estas conhecidas por que alguns de nós que entramos nestas reuniões sem convite, e sem anuncio para ouvir, rebater e defender o SINTE-SC que em todo o tempo foi atacado pelo expositor. Tais atitudes demonstram que para o Governo, as reuniões com o SINTE/SC são apenas para enrolar a categoria, enquanto o ataca e desmonta a educação e os trabalhadores em educação de Santa Catarina.
    Por isso, nós do Bloco Ação e Luta (CSP Conlutas e Independentes), representados na Coordenação Executiva Estadual do SINTE/SC por JOANINHA DE OLIVEIRA, JANETE J. DA SILVA, MARCELO SERAFIM, MARCELO SPECK, MARCUS SODRÉ e TÂNIA FOGAÇA, propusemos a toda Coordenação Estadual do SINTE-SC, para sairmos em conjunto e unidos do Grupo de Estudos, para de imediato construirmos a reação na base da categoria.
    Tentamos, na reunião da diretoria do SINTE/SC, de todas as formas argumentar e nos fazer entender, mas as tentativas foram em vão. Com isto, decidimos ROMPER com o pseudo “Grupo de Estudos” no dia 22/11, pois entendemos que é necessária a mobilização da categoria para exigir e garantir que mais NENHUM DIREITO SEJA RETIRADO e que o Governo CUMPRA O ACORDO DA GREVE, e faça a RECOMPOSIÇÃO DA TABELA SALARIAL”!
    Colombo e Deputados tirem as mãos dos nossos direitos!
    Não ao Plano de Carreira do Governo!
    Não a reposição punitiva
    Devolvam nossa TABELA SALARIAL, JÁ!
    PAGUE O PISO NA CARREIRA!
    JANETE JANE DA SILVA
    VICE COORDENADORA ESTADUAL-SINTE-SC>”……………….”MMPC” Movimento do Magistério Público Catarinense, NA LUTA CONTRA A cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  33. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!………………..#
    …MAR SPE ROSA diz: novembro de 2011

    “HÁ ARVORES QUE TOMBAM PELO PESO DOS FRUTOS,
    E NÃO PELA PODRIDÃO DOS MESMOS”.

    O BLOCO AÇÃO E LUTA, vem de público externar sua solidariedade aos Familiares e Amigos do Professor e Vereador MARCELINO CHIARELLO, assassinado brutalmente em sua residência na manha de ontem.
    Crime este que só vem confirmar a degradação social propagada pela impunidade, onde os inimigos são aqueles que denunciam e não os que cometem os delitos.
    Aguardamos assim como todos os catarinenses de bem, que se elucide este crime brutal e covarde, bem como se de a punição exemplar ao (aos) assassino (s).
    Em meio a tanta corrupção e imoralidade em todos os setores da sociedade, é nosso dever continuar denunciando, e exigindo transparência e punições que sirvam de exemplo a todos.
    M S R
    Secretário Adj. de Organização do Sul.
    SINTE / SC
    …”MMPC”….Movimento do Magistério Público Catarinense na LUTA contra a corja corrupta/corruptora!!!

  34. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!………………..

    … Corpo do Professor Marcelino Chiarello é enterrado no cemitério Jardim do Éden, em Chapecó.
    …….Político(Vereador) foi encontrado morto por familiares no final da manhã de segunda-feira
    …….Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

    O corpo foi transportado no caminhão do Corpo de Bombeiros. Milhares de pessoas acompanharam o velório, que iniciou na Câmara de Vereadores e depois foi para o salão comunitário do Bairro Santo Antônio. Entre elas, estavam lideranças petistas, como a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatt; o presidente estadual do partido, José Fritsch; o deputado federal Pedro Uczai e os deputados estaduais Dirceu Dresch, Luciane Carminatti e Pedro Baldissera.

    A morte de Chiarello comoveu a cidade. O vereador foi encontrado morto por familiares no final da manhã de segunda-feira, em sua casa, no Bairro Santo Antônio. Ele havia saído às 10h15min da ESCOLA Pedro Maciel, onde DAVA AULA. A cena inicial parecia de suicídio??? por enforcamento. Mas logo a polícia informou que as evidências eram de homicídio???????. O laudo do Instituto Médico Legal atestou que a morte foi provocada por traumatismo craniano e asfixia mecânica.

    Familiares, amigos e correligionários consideram que houve crime político, já que o vereador, em segundo mandato, era conhecido na cidade por suas denúncias contra supostos atos de corrupção. Era um crítico das atuais concessionárias de transporte público, da municipalização do ensino, da terceirização da merenda escolar, da administração municipal e do governo do Estado. Numa de suas denúncias, conseguiu o afastamento do superintendente do bairro Efapi por suspeita de improbidade administrativa. Chiarello também apoiava movimento sociais dos pescadores, atingidos por barragens, sem terra e professores.

    — Ele vinha recebendo ameaçadas por telefone. Foi um crime político e vamos querer justiça — disse o irmão do vereado, Claudir.

    O deputado federal Pedro Uczai informou que o vereador ligou na sexta-feira e, no sábado pela manhã, foi até sua casa dizendo que não queria ser mais vereador para proteger sua família, pois vinha sendo ameaçado. A mulher, Dione Chiarello, fez uma declaração emocionada no enterro:

    —Tu era um homem justo, digno e trabalhador — declarou.

    Depois do enterro, ela foi até à delegacia regional prestar depoimento. Uczai disse que o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, que foi deputado federal por São Paulo, vai acompanhar o caso……………………………………”MMPC”…(Movimento do Magistério Público Catarinense), NA LUTA CONTRA A cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  35. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!………………Educação ameaçada na Câmara dos Deputados

    Próximo de completar um ano de tramitação na Câmara dos Deputados, o PL nº 8.035/10, que versa sobre a aprovação do novo Plano Nacional de Educação, corre o risco de não ser aprovado por nenhuma das casas do Congresso (Câmara e Senado), dada a proximidade do recesso parlamentar. O prazo limite para a leitura do parecer do relator Ângelo Vanhoni (PT-PR), na Comissão Especial do PNE, é dia 01/12.

    A CNTE e outras entidades da sociedade civil têm pressionado para que a Câmara dos Deputados conclua o processo de votação do PNE, ainda em 2011, evitando assim maiores prejuízos à regulamentação – já atrasada – do art. 214 da Constituição, que estabelece vigência decenal ao Plano Nacional de Educação. Há expectativa de que o relator proceda à leitura de seu parecer na quinta-feira (01), mas a decisão parece ainda condicionar-se a negociações com o Governo sobre o percentual do PIB a ser destinado para a área educacional.

    Outro assunto que entrou na pauta do Parlamento, semana passada, diz respeito ao reajuste do piso nacional do magistério. A Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara rejeitou o substitutivo aprovado pelo Senado – fruto de negociação com o Governo e que prevê aumento real do piso – fixando o INPC/IBGE como único fator de reajuste.

    Essa decisão da CFT/Câmara, além de causar grande revolta na categoria, também se mostra contraditória às metas do PNE, em especial à que pretende igualar as remunerações médias dos professores com a de outros profissionais com mesmo nível de formação. Ademais, a simples correção inflacionária coloca o piso do magistério em patamar de valorização abaixo do Salário Mínimo e afronta preceitos constitucionais condizentes à remuneração dos servidores públicos (art. 37, X, CF) e à vinculação do piso à sua principal fonte financiadora, o Fundeb (art. 60, ADCT/CF).

    Diante dessa grave situação envolvendo o piso do magistério, a CNTE foi obrigada a criar uma nova frente de luta no Congresso, para além do PNE, com vistas a reverter a decisão da CFT/Câmara, que põe em risco os objetivos da Lei 11.738. A Confederação agirá imediatamente no sentido de recolher assinaturas de parlamentares para apresentação de Recurso de Plenário com a finalidade de alterar a decisão da referida Comissão. Para tanto, contamos com a força de nossos sindicatos filiados em todo país.

    A EDUCAÇÃO precisa ser prioridade de FATO!!!…………..”MMPC”>>>NA LUTA!!!

  36. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!…………… ….Meritocracia e a “precarização” do trabalho docente em Santa Catarina

    Jéferson Dantas[1]

    No dia 9 de julho, na seção ‘Opinião’ do Jornal Notícias do Dia, um jovem historiador saiu em defesa da meritocracia como motivação para o melhor desempenho dos/as trabalhadores/as em educação em Santa Catarina. Assentado em lugares-comuns e desconsiderando as razões estruturais da greve do magistério catarinense em curso, o historiador começa o seu texto com a seguinte afirmação: “[…] a sociedade catarinense foi surpreendida pela continuidade da greve na educação. Após uma série de negociações e a garantia por parte do governo do Estado do cumprimento da lei do piso, esperava-se que os professores também se preocupassem com os alunos e retomassem as atividades”.

    De acordo com a afirmação acima – ao colocar palavras na boca da ‘sociedade catarinense’, que fatalmente inclui seus professores – o articulista sai em defesa das ‘garantias governamentais’ em relação ao cumprimento da lei do piso nacional salarial. É de se supor que aqui o referido historiador não age por ingenuidade. Defende no final de sua breve reflexão a ‘implantação da progressão funcional por mérito’, mesma estratégia defendida em São Paulo por Paulo Renato Souza, então secretário de educação daquele estado.

    Concordo, porém, que os/as trabalhadores/as em educação devem ser avaliados/as com critérios estabelecidos de forma coletiva (comunidades escolar e local) em seus espaços de trabalho, aliás, condição precípua do compromisso social e público. Entendo que a conformação dos saberes dos/as educadores/as são extremamente decisivos na reformulação de currículos rígidos, concorrendo para uma estratégia de implosão lúcida de mecanismos avaliativos arbitrários na educação formal. A educação básica pública, nos moldes em que se encontra no estado de Santa Catarina, todavia, tem reduzido sobremaneira a capacidade de intervenção de educadores e educandos, já que as unidades de ensino vêm sendo tratadas como instituições eivadas de cargos comissionados e de confiança do governador, esvaziando a sua intencionalidade pedagógica.

    Se ficarmos apenas na questão de quem ‘ensina melhor’ e de quem ‘ensina pior’ (um maniqueísmo mecanicista e determinista) não conseguiremos visualizar de forma mais ampla as condições de trabalho pelas quais os dois perfis de trabalhadores são submetidos. Como já foi revelado em extensa pesquisa organizada pelo psicólogo Wanderley Codo no final da década de 1990, mesmo os ditos ‘bons professores’ com o passar dos anos vão se tornando cínicos, desmotivados, exaustos emocionalmente e despersonalizados. Cabe lembrar que a formação continuada em Santa Catarina nos últimos oito anos foi praticamente inexistente. Logo, preocupar-se com a ‘qualidade da educação’ em Santa Catarina, significa compreender a complexidade das relações de trabalho nestes espaços sociais e não culpabilizar os/as professores/as pela má qualidade de ensino. O modelo de educação estatal catarinense tem primado pela gestão tarefeira e antidemocrática, além da exploração incessante de uma força de trabalho intelectual precarizada e que na medida do possível é responsável direta pela formação das novas gerações neste estado.

    [1] Historiador, Mestre em Educação e Doutorando em Educação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Pesquisador e articulador dos estudos do currículo na Comissão de Educação do Fórum do Maciço do Morro da Cruz (CE/FMMC). E-mail: clioinsone@gmail.com.
    …”MMPC”>>>Movimento do Magistério Público Catarinense na LUTA CONTRA a cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

  37. …AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA JÁ!!!………………..
    Protesto contra demissão de Diretora de Escola Estadual
    02 de dezembro de 2011…….Mestre MÔA…….

    Professores e pais de alunos da Escola Estadual Padre Anchieta de Florianópolis, estão protestando contra a demissão sumária da Diretora eleita e pedindo sua reintegração. Confira: “A Escola básica Estadual Padre Anchieta foi surpreendida na tarde desta segunda-feira, dia 28 de novembro, com um telefonema do governo exonerando a direção da escola, eleita democraticamente via eleição direta e universal. A lisura do processo foi garantida pela comissão eleitoral, escolhida em assembleia de pais, estudantes e professores. A atual direção foi legitimada por 80% dos votantes, mesmo sofrendo calúnias por parte de empregados comissionados (cargos de confiança do governo). Todo esse rico processo de debate demonstrou claramente que a comunidade escolar escolheu Taísa, Karla e Fabrícia para a direção.

    A nova direção, com todas as debilidades decorrentes de ter que administrar uma escola sem infraestrutura e verbas para garantir um pleno desenvolvimento aos estudantes; com uma categoria de trabalhadores explorados e sofrendo as ingerências da GERED, vem fazendo um bom trabalho. É de consenso geral que o processo democrático melhora a escola, pois aproxima estudantes e pais, conscientizando a respeito da responsabilidade para com a coisa pública e direitos que devem ser cobrados, formando assim mais que alunos, cidadãos.

    Diante desta situação solicitamos ao Governo do Estado que volte atras neste equivoco, reintegre a direção da escola e não envie um interventor. Em pleno século XXI são inadmissíveis medidas ditatoriais. Pelo contrário presamos pelo aumento da democracia, que todas as escolas tenham eleições diretas, pois as escolas são em ultima instância patrimônio das comunidades que constroem a riqueza deste estado.

    Cientes da compreensão do Governo do Estado, desde já agradecemos e reiteramos que a comunidade não permitirá a entrada de interventores na Escola Padre Anchieta.

    Assembleia de pais, estudantes e trabalhadores em educação.

    *
    Jaqueline Silva diz: 2 de dezembro de 2011

    \”Em pleno século XXI são inadmissíveis medidas ditatoriais.\”
    Voces já viram alguma atitude desse desgoverno com a educação que não fosse de forma radical e ditadoras?}
    Normal, durou até essa data? Heroína.
    E pelas notícias aqui nesse blog, vem mais chumbo por aí, SC SAÚDE esta indo para UTI !
    …”MMPC” NA LUTA CONTRA A cORJA cORRUPTA/cORRUPTORA!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *